Ouvir o Dia...

terça-feira, 24 de março de 2009

Join Me


Não sou demagoga.

Não gosto de discursos politicamente correctos.

Tenho particular prazer em desconstruir mensagens publicitárias.

Mantenho a lucidez de que o dinheiro será sempre o motor do mundo.

Considero que se a moda, seja ela qual for, ajudar a despertar consciências e a mudar mentalidades, é sempre bem vinda.

Defendo que a humanidade é hoje bem mais pacifica, solidária e construtiva do que foi.

Sei que a cultura de vida leva séculos a mudar...

Tudo isto para dizer:

A última campanha da GALP é não só um majestoso golpe publicitário como um feliz sintoma do caminho que desejamos deixar aberto, para quem vier atrás de nós.

Para que alguém não tenha que fechar a porta!

2 comentários:

Carlos Barros disse...

É uma estratégia americana... mas não deixa de ser um grande «golpe», e nos States, a coisa funciona, porque pagas menos impostos se aderires, tens facilidades a todos os níveis.

Vida Hi-fi disse...

Não tenha contra importar ideias desses senhores, desde que, apesar da mira monetária que têm atrás, nos tragam beneficios a longo prazo. Este parece-me ser, claramente, o caso. Amanhã conto-vos como já sou adepta desta ideia, ainda que à moda antiga! ;-)